Pular para o conteúdo principal

Tempo da Criação: de 1ª de setembro a 4 de outubro

O dia 1ª de setembro, foi proclamado pelo Papa Francisco como sendo o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, ao publicar ano passado a Carta Apostólica “Laudato Si”, e unindo-se a Igreja Ortodoxa, que desde 1989 celebra esta data. Para este ano, o Papa fez um pedido especial, por meio de um vídeo, onde pede possamos cuidar da casa comum para nós e para as futuras gerações.
Além do Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, toda a Igreja Católica e os homens e mulheres de boa vontade estarão vivendo o “Tempo da Criação”, que vai do dia 1ª de setembro até 4 de outubro, festa de São Francisco de Assis. O Tempo da Criação, que termina no dia da Festa de São Francisco de Assis, dia 04 de outubro, foi proposto pelos bispos das Filipinas, em 2003, seguindo o precedente de outras denominações cristãs.
O arcebispo de Manila, Luis Antonio G. Tagle, enfatizou que o Tempo da Criação desde o ano passado conta com a Encíclica do Papa Francisco “Laudato Si”. Milhares de católicos de todos os continentes, apoiados pelo Movimento Católico Global pelo Clima (MCGC), neste período estão unidos a Igreja da Filipina para comemorar o Tempo da Criação.
O MCGC criou recursos disponíveis no site www.SeasonOfCreation.info/portugues/, para que os participantes utilizem para organizar grupos semanais de oração e colocar breves reflexões em boletins da igreja e rezar juntos como uma comunidade, uma família ou individualmente. Para este ano, as lideranças católicas estão sendo convidadas a promover diversas ações nas paróquias e nas dioceses do Brasil, afim de que o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação seja celebrado, assim como promover atividades durante o “Tempo da Criação”.
Na carta em que o Papa instituiu o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, ele nos lembrou que "a crise ecológica nos convoca a uma profunda conversão espiritual: Os cristãos são chamados a "uma conversão ecológica, que comporta deixar emergir, nas relações com o mundo que os rodeia, todas as consequências do encontro com Jesus."(Laudato Si, 217).
A mudança climática e o aquecimento global é resultado das ações humanas, que por longo período da história utilizou-se dos recursos naturais sem a preocupação de poderiam ficar escassos ou causar danos irreparáveis ao meio ambiente. A conversão sugerida pelo Papa passa por abandonarmos de vez a cultura do consumismo e do desperdício e passáramos a ter um olhar mais atento ao meio ambiente que vivemos, a “Casa Comum a todos e a todas, a Terra”.


A encíclica Laudato si, do Papa Francisco, termina com duas orações: uma oferecida para ser compartilhada com todos os que creem em “um Deus criador onipotente”, e a outra proposta aos que professam a fé em Jesus Cristo.  

Oração pela nossa Terra
Deus Onipotente, que estais presente em todo o universo e na mais pequenina das vossas criaturas, Vós que envolveis com a vossa ternura tudo o que existe, derramai em nós a força do vosso amor para cuidarmos da vida e da beleza. Inundai-nos de paz, para que vivamos como irmãos e irmãs sem prejudicar ninguém.
Ó Deus dos pobres, ajudai-nos a resgatar os abandonados e esquecidos desta terra que valem tanto aos vossos olhos. Curai a nossa vida, para que protejamos o mundo e não o depredemos, para que semeemos beleza e não poluição nem destruição. Tocai os corações daqueles que buscam apenas benefícios à custa dos pobres e da terra.
Ensinai-nos a descobrir o valor de cada coisa, a contemplar com encanto, a reconhecer que estamos profundamente unidos com todas as criaturas no nosso caminho para a vossa luz infinita. Obrigado porque estais conosco todos os dias. Sustentai-nos, por favor, na nossa luta pela justiça, o amor e a paz.  

Oração cristã com a criação  
Nós Vos louvamos, Pai, com todas as vossas criaturas, que saíram da vossa mão poderosa. São vossas e estão repletas da vossa presença e da vossa ternura. Louvado sejais! Filho de Deus, Jesus, por Vós foram criadas todas as coisas. Fostes formado no seio materno de Maria, fizestes-Vos parte desta terra, e contemplastes este mundo com olhos humanos. Hoje estais vivo em cada criatura com a vossa glória de ressuscitado.
Louvado sejais! Espírito Santo, que, com a vossa luz, guiais este mundo para o amor do Pai e acompanhais o gemido da criação, Vós viveis também nos nossos corações a fim de nos impelir para o bem. Louvado sejais! Senhor Deus, Uno e Trino, comunidade estupenda de amor infinito, ensinai-nos a contemplar-Vos na beleza do universo, onde tudo nos fala de Vós.
Despertai o nosso louvor e a nossa gratidão por cada ser que criastes. Dai-nos a graça de nos sentirmos intimamente unidos a tudo o que existe. Deus de amor, mostrai-nos o nosso lugar neste mundo como instrumentos do vosso carinho por todos os seres desta terra, porque nem um deles sequer é esquecido por Vós.

Iluminai os donos do poder e do dinheiro para que não caiam no pecado da indiferença, amem o bem comum, promovam os fracos, e cuidem deste mundo que habitamos. Os pobres e a terra estão bradando: Senhor, tomai-nos sob o vosso poder e a vossa luz, para proteger cada vida, para preparar um futuro melhor, para que venha o vosso Reino de justiça, paz, amor e beleza. Louvado sejais! Amém. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Diretório do PSL em Petrópolis foi dissolvido

Na manhã de hoje, recebi mensagem do deputado federal do PSL, Daniel Silveira, informou que o diretório municipal do partido na cidade foi dissolvido e que ele passou a ter plenos poderes na executiva municipal.

O deputado me informou que a decisão foi tomada durante uma conversa com o senador Flávio Bolsonaro que orientou a tomar esta decisão, dando-lhe plenos poderes para organizar o partido na cidade.

Do diretório anterior, apenas Octávio Sampaio, que era o presidente foi mantido e vai ajudar o deputado a reconstruir a direção municipal do PSL.

Carta do vereador Paulo Igor

Às famílias Petropolitanas,

Não posso me calar diante do personagem (vilão) que tentam construir sobre minha pessoa. Acusações descabidas, matérias tendenciosas e excesso daqueles que deveriam ser responsáveis pelo equilíbrio.

Tenho me mantido de forma reservada em especial para preservar a minha família. Porém a necessidade de protagonismo de alguns poderes constituídos, a falta de responsabilidade de parte da imprensa em checar o que se divulga e até mesmo a ganância pelo poder por parte daqueles que mentem e não medem consequências por seus atos e falsos testemunhos me fazem me manifestar publicamente.

Construí minha carreira política pautada no diálogo franco e direto com os eleitores e com a classe política. Sempre soube que, para o fiel exercício do meu mandato parlamentar, era importante ter uma boa interlocução política, ou seja, era fundamental estar sempre aberto a ouvir, dialogar e assim encontrar o equilíbrio e o consenso. Nada é possível sem consenso. Sem consenso o qu…

Partido Novo enfrenta problemas pós eleição

De acordo com uma fonte, o partido Novo no Estado do Rio está rachado e o motivo seria a entrada de militantes da esquerda que agora se dizem da direita.

O partido Novo está sofrendo um problema que outras siglas já passaram e estão passando, com militantes políticos, sem nenhuma afinidade partidária, afinidade apenas com o poder (governo) buscam espaço político de olho num futuro próximo ou distante.

Este racha e a entrada de militantes da esquerda trouxe a tona outra questão: o partido surgiu para apresentar algo de fato novo em busca de mudança política, ou para atender o ego político de João Amoêdo, financiador e idealizador do partido Novo.

Na eleição para presidente, Amoêdo ficou em quinto lugar com 2.679.745 votos e no Estado do Rio em sexto com 139.208 mil votos.

Agora é esperar para ver se os deputados e o governador de Minas Gerais eleitos vão de fato apresentar o novo ou será um novo/velho.